Diferenças entre edições de "Café"

170 bytes adicionados ,  07h26min de 20 de setembro de 2019
+1
m
(+1)
::- [[Pedro Nava]] in: Baú de Ossos
 
*“Quando mocinhas, elas podiam escrever seus pensamento e estados d´alma (em prosa e em verso) nos diários de capa acetinada com vagas pinturas representando flores ou pombinhos brancos levando um coração no bico. Nos diários mais simples, cromos coloridos de cestinhos floridos ou crianças abraçadas a um cachorro. Depois de casadas, não tinha mais sentido pensar sequer em guardar segredos, que segredo de uma mulher casada só podia ser bandalheira. Restava o recurso do cadernão do dia-a-dia, onde, de mistura com os gastos da casa cuidadosamente anotados e somados no fim do mês, elas ousavam escrever alguma lembrança ou confissão que se juntava na linha adiante com o preço do pó de café e da cebola.”
::- [[Lygia Fagundes Telles]] in: A disciplina do amor
 
::- [[Bertrand Russell]] in: Capítulo 3: Competição - Coleção Saraiva de Bolso, página 37
 
*"O café, um [[Fumo|cigarro]], um trago, tudo isso não é [[vício]]. São companheiros da [[solidão]]."
::- [[Lobão (músico)|Lobão]] na música "Revanche" (1986)
 
==Veja também==
71

edições