Diferenças entre edições de "Itamar Franco"

72 bytes adicionados ,  15h32min de 28 de junho de 2019
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
 
* "Os [[número]]s não mentem, mas os mentirosos fabricam números".
::- ''citado em Revista Veja‎ - Edição 36-39, Página 22, 11 de outubro de 1996''
 
*"Não posso acreditar que ele se referia ao [[Floriano Peixoto]]".
:- ''Itamar Franco, então embaixador do Brasil na Itália, irritado com o presidente [[Lula]] que chamou os seus antecessores de covardes''
:- ''Fonte: Revista ISTOÉ, Edição n. 1780 - 17 de março de 2003.''
 
* "O presidente é um fascistóide, mas nunca chegaria perto do [[Benito Mussolini|Mussolini]]. Não tem a inteligência..."
* "Tenho as minhas tristezas com o presidente, não mágoas. Mas um dia Deus vai permitir que nós dois nos sentemos num meio-fio da vida, em qualquer lugar, e vamos desabafar."
:- ''Itamar Franco, ex-presidente da República e governador eleito de Minas Gerais''
:- ''Fonte: [http://veja.abril.com.br/231298/p_012.html Revista Veja] de 23/12/98 de dezembro de 1998''
 
* "Não sei o que eles fizeram nas minhas costas."
:- ''Itamar Franco, governador mineiro, que também assinou sem ler liberação de verbas para o prédio do TRT''
:- ''Fonte: [[Revista Veja]], [http://veja.abril.com.br/300800/vejaessa.html Edição 1 664 - 30/8/ de agosto de 2000]''
 
* "Eu reagiria mesmo se tivesse de ficar com apenas dois [[soldado]]s entrincheirados."
:- ''Itamar Franco, governador mineiro, ameaçando reagir a bala a uma possível intervenção federal por sua desobediência a cumprir mandatos de reintegração de posse contra invasores de terras; citado em [[Revista Veja]], [http://veja.abril.com.br/170500/vejaessa.html Edição 1.649 - 17/5/ de maio de 2000]''
 
{{Presidentes do Brasil}}
Utilizador anónimo