Diferenças entre edições de "Charlie Brooker"

Sem alteração do tamanho ,  10h32min de 28 de maio de 2018
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
::- ''The Guardian, 23 de outubro de 2004, Dumb show''
 
* Deixem-me falar diretamente com os membros da multidão enfurecida que odeia a [[w:RececcaRebecca Black|RececcaRebecca Black]]. Caros imbecis, graças ao vosso trabalho árduo, a Rebecca Black que vocês rejeitaram por ser uma aspirante desesperada é agora uma mega-estrela. Vejam, aqui está ela numa edição brilhante do ''[[w:The Tonight Show''|The Tonight Show]]'' com o [[w:Jay Leno|Jay Leno]], tal como vocês nunca estarão. Vêem? Ela é famosa. Não querem uma fotografia deste momento para pendurar na vossa parede? Assim, podem olhar para ela todas as manhãs antes de irem trabalhar com o uniforme merdoso da mega cadeia de hambúrgueres a que estão presos para sempre, a vender ''Happy Meals'' com a cara da Rebecca Black. E, enquanto os entregam aos clientes que, acertadamente, olham para vocês como se não fossem nada, vão ouvir a música da Rebecca Black em loop no sistema de som da loja, enquanto se escravizam cinco dias por semana por trás de um balcão de segunda a sexta. Sexta. Vocês têm de se baixar à Sexta porque é o dia de limpar a porra do chão.
::- ''To address the members of the Rebecca Black hate mob directly for a moment. Dear imbeciles, thanks to your hard work, Rebecca Black, who you dismissed as a hopeless wannabe is now a bonafied megastar. Look, here she is in a brilliant edition of The Tonight Show with Jay Leno, just like you'll never be. See? She is famous. Perhaps you'd like a picture of that image to hang on your wall, so you can look at it every morning before going to work in the shitty mega burger chain outfit you'll be trapped in forever, selling Happy Meals with Rebecca Black's face on them. And, as you pass these to costumers who accurately look at you like you're nothing, you'll hear Rebecca Black's song looping in the store's music system as you slave away behind the counter five days a week, from Monday through to Friday. Friday, you've got to get down on Friday because that's the day you mop the fucking floor.''
:::- ''Charlie Brooker sobre o ódio e o bullying dirigidos a [[w:Rececca Black|Rececca Black]]. The 10 o'clock Live (26/3/2011)''