Diferenças entre edições de "Jennifer Hudson"

900 bytes removidos ,  13h25min de 1 de abril de 2018
m
+ fontes - sem fontes
m (+ fontes - sem fontes)
 
----
 
*"Eu nunca desisti de interpretar Effie. Eles me chamavam e depois olhavam outras pessoas, e depois me chamavam de volta... mas sempre me senti esperançosa (...) Eu tinha que me separar de todo aquele processo e não pensar muito nisso ou acabaria ficando louca"
:- ''quanto ao processo de seleção de ''Dreamgirls''.''
 
* "Eu não mudaria nada. Toda experiência é uma lição aprendida".
*"Eu apenas tentei viver no momento e agir natural, como se não houvessem câmeras. Talvez é porque senti que cantar e atuar são coisas relacionadas. Quando você está cantando tem uma mensagem a passar. Você atua àquela canção; você tem que saber o significado o propósito da canção. Eu deixei esse instinto me guiar"
::- ''I wouldn’t change a thing. Every experience is a lesson learned.
:- ''quanto ao processo de atuação em ''Dreamgirls''.''
:::- em resposta à pergunta: Se você pudesse editar seu passado, o que você mudaria?
 
:::- entrevista a Rosanna Greenstreet, [https://www.theguardian.com/culture/2018/jan/06/jennifer-hudson-q-and-a-interview-the-voice The Guardian], 06-jan-2018
*"Sim, eu fui criada na religião batista. Sim, me ensinaram que a Bíblia tem certos pontos de vista quanto à homossexualidade. Mas a Bíblia também nos ensina a não julgar as pessoas. Nos ensina a amar um ao outro do mesmo jeito que Deus ama a todos nós. Eu amo minha irmã, meus dois melhores amigos e o meu querido diretor (Bill Condon). Acontece que eles são gays. E daí? Enquanto alguns procuram por controvérsia, eu espero que meus amigos e fãs possam saber entender onde eu fico no meio disso tudo"
:- ''quanto a falsas alegações de que seria homofóbica.''
 
[[Categoria:pessoas]]