Diferenças entre edições de "Xenófanes"

513 bytes adicionados ,  15h21min de 7 de janeiro de 2017
Adicionado texto
m (img)
(Adicionado texto)
 
::- ''citado em "Revista brasileira de filosofia", Volume 4 - página 118, Instituto Brasileiro de Filosofia, 1954
 
*"E nenhum homem conhece a certeza e ninguém nunca vai saber."
::- ''E nessun uomo conosce la certezza e nessun uomo la conoscerà mai.''
:::- ''citado em [[w:Diógenes Laércio|Diógenes Laércio]], "Vite dei filosofi", 9.72 - também em [http://socratics.daphnet.org/agora_show_transcription?id=1278%3Fdata-title%3Dnext&data-verticalTitle=IX%2C72it&data-type=box-page-transcription&data-id=page_transcription_1278&data-boxTitle=IX%2C72it&data-replaceContent=1&data-url=%2Fagora_show_transcription%3Fid%3D1278]
 
 
515

edições