Diferenças entre edições de "Padre Antônio Vieira"

694 bytes adicionados ,  19h14min de 19 de novembro de 2016
sem resumo de edição
m
* "Se servistes à [[pátria]], que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
:- ''"Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669; in: "Sermões", Tomo I, [http://books.google.com.br/books?id=bW8WCtRUBWsC&pg=PA105 página 105], Por António Vieira, organização Alcyr Pécora, Publicado por hedra, 2001 ISBN 8587328328, 9788587328328''
 
 
*"[[Amor]] e [[ódio]] são os dois mais poderosos afectos da [[vontade]] [[humana]]."
::- ''"O Chrysostomo portuguez: ou, O padre Antonio Vieira da Companhia de Jesus. N'um ensaio de eloquencia compilado dos seus sermões segundo os principios da Oratoria Sagrada"‎ - Página 109, de [[António Vieira]] - Publicado por M. Moreira, 1880''
 
*"O desamparo e necessidade espiritual que aqui se padece é verdadeiramente extremo; porque os gentios e os cristãos todos vivem quase igual cegueira, por falta de cultura e doutrina, não havendo quem catequize nem administre sacramentos; havendo, porém quem cative e quem tiranize, e, o que é pior, quem o aprove; com que portugueses e índios todos se vão ao inferno."
::- Carta ao Príncipe Teodósio, logo após chegar ao Maranhão em 1653<ref>[https://repositorio.ufjf.br/jspui/bitstream/ufjf/1039/1/brenomachadodossantos.pdf Os Jesuítas no Maranhão e Grão-Pará Seiscentista: Uma Análise Sobre os Escritos dos Protagonistas da Missão], acesso em 11 de novembro de 2016.</ref>.
 
==[[s:Sermão da Sexagésima|Sermão da Sexagésima]], ==
69

edições