Diferenças entre edições de "Papa Bento XVI"

88 bytes adicionados ,  12h30min de 5 de agosto de 2016
m
(Desfeita a edição 157692 de 200.189.14.119 (discussão | contribs) Provavel teste)
 
 
*"Muito marginalizado. Na vida política, parece quase indecente falar de Deus, como se fosse um ataque à liberdade de quem não crê. O mundo político segue suas normas e caminhos, excluindo Deus como algo que não é deste mundo. A mesma coisa acontece no comércio, na economia e na vida privada. Deus fica à margem. Para mim parece necessário voltar a descobrir, e existem forças para isso, que também a esfera política e econômica precisa de uma responsabilidade moral, que nasce do coração do homem e está ligada à presença ou ausência de Deus. Uma sociedade em que Deus está totalmente ausente se autodestrói."
:- ''Em entrevista ao jornal "[[w:La Repubblica|La Repubblica]]" em 2004'', citado in [http://www.lanacion.com.ar/697790-el-mundo-politico-excluye-a-dios La Nacion]
 
====Catolicismo====