Benito Mussolini: diferenças entre revisões

1 284 bytes adicionados ,  18h34min de 27 de dezembro de 2015
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
 
* “Com cada nova descoberta da química, da física, da biologia, das ciências antropológicas, da aplicação prática de princípios sólidos, o dogma colapsa. É uma parte daquele velho edifício da religião que desmorona e cai em ruínas.”
:- ''[https://ia600807.us.archive.org/34/items/GodDoesNotExist/GDNE.pdf God Does Not Exist] — 1904''.
 
* “Como é possível que a ideia de um criador seja reconciliada com a existência de órgãos atrofiados e raquíticos, com anomalias e monstruosidades, com a existência de dor, perpétua e universal, com os conflitos e as desigualdades entre seres humanos?”
:- ''[https://ia600807.us.archive.org/34/items/GodDoesNotExist/GDNE.pdf God Does Not Exist] — 1904''.
 
* “A ciência está agora em vias de destruir o dogma religioso. O dogma da criação divina é reconhecido como absurdo.”
:- ''[https://ia600807.us.archive.org/34/items/GodDoesNotExist/GDNE.pdf God Does Not Exist] — 1904''.
 
* “A Bíblia e a chamada moral cristã são dois cadáveres.”
:- ''[https://ia600807.us.archive.org/34/items/GodDoesNotExist/GDNE.pdf God Does Not Exist] — 1904''.
 
* “A moralidade religiosa exibe nas suas origens os estigmas do autoritarismo precisamente porque pretende ser a revelação da autoridade divina.”
:- ''[https://ia600807.us.archive.org/34/items/GodDoesNotExist/GDNE.pdf God Does Not Exist] — 1904''.
 
* “A história de muitos santos, beatificados pela igreja, é repugnante. Mostra nada mais do que uma profunda aberração do espírito humano em busca de quimeras extraterrestres.”
:- ''[https://ia600807.us.archive.org/34/items/GodDoesNotExist/GDNE.pdf God Does Not Exist] — 1904''.
 
:- ''Em [http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/corporativo.html#bm5 discurso] de 23 de março de 1926.''
 
* “O Regime Fascista não pretende estatizar ou, pior, funcionalizar a economia da Nação; basta controlá-la e discipliná-la por meio das Corporações (...). As Corporações são os órgãos do Estado, mas não são simplesmente órgãos burocráticos.”
:- ''Em [http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/corporativo.html#bm5 discurso] de 23 de março de 1926.''
 
Utilizador anónimo