Diferenças entre edições de "Charlie Chaplin"

766 bytes adicionados ,  17h21min de 11 de agosto de 2015
sem resumo de edição
*"Seja qual for a melodia, o resto é apenas floreio"
:- ''Sua discussão com o arranjador de seus filmes'' [2] p. 330
 
* "Um dia sem rir é um dia desperdiçado." ou "Cada dia que passa sem um riso, é um dia perdido. "A day without a laugh is a wasted day." (Charles Chaplin)
 
 
== Citações em Filmes Falados ==
*"Atrás da máscara de Carlitos, há um dramaturgo aflito, um homem triste e cansado, perdido num mar de sonhos..."
: ''Jim Tully, secretário particular de Chaplin.'' [4] p. 61
 
* "Um dia sem rir é um dia desperdiçado." ou "Cada dia que passa sem um riso, é um dia perdido. "A day without a laugh is a wasted day." (atribuída a Charles Chaplin) Segundo a Revista Superinteressante: em primeiro lugar, este aforismo foi encontrado pela primeira vez no jornal Mercure Français de 1795 (!). O autor foi Nicolas Chamfort, um poeta, jornalista, humorista e moralista francês. Ele escreveu “La plus perdue de toutes les journées est celle où l’on n’a pas ri” (o mais desperdiçado de todos os dias é aquele em que nós não rimos).
 
Em segundo lugar, não há provas concretas de que Chaplin tenha citado tal frase. Ao que tudo indica, a frase passou a ser disseminada por aí com o nome dele por causa do filme Uma Luz na Escuridão, de 1992. A personagem Linda Voss, interpretada por Melanie Griffith, afirma em cena: “Charlie Chaplin diz que um dia sem risada é um dia desperdiçado”.
 
== Ligações externas ==
Utilizador anónimo