Diferenças entre edições de "Contracepção"

1 893 bytes adicionados ,  10h09min de 22 de novembro de 2014
adição de conteúdo
m (formatação)
(adição de conteúdo)
* "Tantas quantas forem as vezes em que a mulher poderia ter engravidado ou dado a luz, tantos estes serão os homicídios dos quais ela será culpada, e a menos que passe pela adequada penitência, ela será condenada ao castigo eterno no inferno. Se uma mulher não quer ter filhos, que entre em um acordo religioso com seu marido; pois a castidade é a única esterilidade da mulher cristã."
:- ''[[Cesário de Arles]]; Sermões 1:12''
 
* "Ter relações sexuais sem o propósito de ter filhos é agredir à Natureza."
:- ''[[Clemente de Alexandria]]; O Instrutor das Crianças 2:10:95:3
 
* "Por causa de sua divina instituição para a propagação do homem, a semente ( o sêmen ) não deve ser ejaculada em vão, nem deve ser avariada, nem deve ser desperdiçada."
:- ''[[Clemente de Alexandria]]; O Instrutor das Crianças 2:10:91:2
 
* "693. As leis e os costumes humanos que objetivam ou têm por efeito criar obstáculos à reprodução são contrários à lei natural? Resposta: Tudo o que entrava a marcha da Natureza é contrário à lei geral.
694. Que pensar dos usos que têm por fim deter a reprodução, com vistas à satisfação da sensualidade? Resposta: Isso prova a predominância do corpo sobre a alma e o quanto o homem está imerso na matéria."
:- ''[[Allan Kardec]]; O Livro dos Espíritos, questões 693 e 694''
 
* Durante a batalha com Bani Al-Mustaliq eles ( os mulçumanos ) capturaram algumas mulheres e quiseram ter relações sexuais com elas sem engravidá-las. Então eles perguntaram ao Profeta se podiam praticar coito interrompido. O Profeta disse, "É melhor que vocês não façam isto, pois Alá já deixou escrito quem Ele irá criar até o Dia da Ressurreição.". Qaza'a disse, "Eu escutei Abu Sa'id dizer que o Profeta disse, 'Não se pode ordenar que nenhuma alma seja criada, mas Alá irá criá-la'".
:- ''[[Sahih al-Bukhari]], Volume 9, Livro 93, Número 506''
 
* "Não podem existir duas opiniões sobre a necessidade da contracepção. O único método que nos foi legado pela tradição do passado é o auto-controle ou brahmacharya. Ele é um remédio infalível e soberano, que faz bem aos que o praticam. A humanidade será grata aos médicos se, ao invés de inventarem métodos artificiais de controle de natalidade, eles inventem meios para o auto-controle."
:- ''[[Mahatma Gandhi]]; (YI, 12-3-1925, pp.88-89)''
 
* "Anticoncepcionais são um insulto às mulheres. A única diferença entre uma prostituta e uma mulher que usa anticoncepcionais é que a primeira vende seu corpo para vários homens, e a segunda vende seu corpo para um homem só. O homem não tem o direto de tocar sua esposa enquanto ela não quiser ter filhos, e a mulher deveria ter a força de vontade para resistir até mesmo ao seu próprio marido."
:- ''[[Mahatma Gandhi]]; (H, 5-5-1946, p. 118)''
 
 
* "A contracepção às vezes é atacada por ser ‘antinatural’. De fato ela o é, muito antinatural. Acontece que a previdência social também o é. Acredito que a maioria de nós acha a previdência social altamente desejável. Mas não se pode ter previdência social antinatural a menos que se tenha também controle de natalidade antinatural, caso contrário o resultado será uma miséria ainda maior do que aquela que existe na natureza. A previdência social é, talvez, o maior sistema altruístico que o reino animal jamais conheceu. Mas, todo sistema altruístico é instável por natureza, pois está a mercê do abuso de indivíduos egoístas, prontos a explorá-lo. Os seres humanos que tem mais filhos do que são capazes de sustentar, provavelmente são, na maioria dos casos, ignorantes demais para que sejam acusados de exploração mal-intencionada consciente. As instituições poderosas e os lideres que deliberadamente os encorajam a proceder assim parecem-me menos livres de suspeitas."
6

edições