Diferenças entre edições de "Confúcio"

3 510 bytes adicionados ,  16h55min de 30 de outubro de 2014
sem resumo de edição
m (Bot: removing existed iw links in Wikidata)
----
 
 
* "Não te preocupes se não tens uma posição; preocupa-te caso não mereças uma posição. Não te preocupes se não fores famoso; preocupa-te caso não mereças ser famoso."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 4.14''
 
* "Quando vires um homem de valor, procura equipar-te a ele. Quando vires um homem sem valor, examina a ti mesmo."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 4.17''
 
* "Houve um tempo em que eu ouvia o que as pessoas diziam e acreditava que elas iriam agir em conformidade, mas agora ouço o que dizem e observo o que fazem."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 5.10''
 
* "Podes explicar coisas superiores a pessoas médias; não podes explicar coisas superiores a pessoas inferiores."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 6.21''
 
* "Quanto ao homem bom: o que deseja alcançar para si ele ajuda os outros a alcançar; o que deseja obter para si ele possibilita que os outros obtenham - a habilidade de simplesmente tomar as próprias aspirações como guia é a receita da bondade."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 6.30''
 
* "Coloca-me na companhia de duas pessoas escolhidas ao acaso - elas invariavelmente terão algo para me ensinar. Poderei tomar suas qualidades por modelos e seus defeitos como alerta."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 7.22''
 
* "Como poderiam palavras admonitórias deixar de obter nossa aquiescência? O principal deveria ser, porém, a retificação de nossa conduta. Como poderiam palavras elogiosas deixar de nos agradar? O principal deveria ser, porém, a compreensão de sua intenção. Algumas pessoas demonstram agrado mas nenhuma compreensão, ou elas aquiescem sem retificar seus hábitos - realmente não sei o que fazer com elas."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 9.24''
 
* "Aquilo que não desejas para ti mesmo não faça aos outros."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 12.2 e 15.24''
 
* "Uma promessa precipitada é difícil de manter."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 14.20''
 
* "Ao tratares com um homem capaz de compreender teus ensinamentos, se não o instruíres, estarás desperdiçando o homem. Ao tratares com um homem incapaz de compreender teus ensinamentos, se o instruíres, estarás desperdiçando teu ensinamento. Um professor sábio não desperdiça nenhum homem e não desperdiça nenhum ensinamento."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 15.8''
 
* "Exige muito de ti mesmo e pouco dos outros, evitarás descontentamentos."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 15.15''
 
* "Um sábio exige de si mesmo; um homem vulgar exige dos outros."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 15.21''
 
* "Um sábio não aprova uma pessoa por ela expressar uma determinada opinião, tampouco rejeita uma opinião por ser expressa por uma determinada pessoa."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 15.23''
 
* "Quando todos antipatizam com um homem, devemos investigar. quando todos simpatizam com um homem, devemos investigar."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 15.28''
 
* "Na busca da virtude, não temas superar teu professor."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 15.36''
 
* "Ao prestar serviços a um sábio, devem-se evitar três erros. Falar antes de ser convidado ao fazê-lo - isso é precipitação. Não falar quando convidado a fazê-lo - isso é dissimulação. Falar sem observar a expressão do sábio - isso é cegueira."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 16.6''
 
* "Só os mais sábios e os mais estúpidos nunca mudam."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 17.3''
 
* "Aqueles que fazem da virtude sua profissão são a ruína da virtude."
:::- ''[[Confúcio]], Analectos, 17.13''
 
* "Saber que nós sabemos o que nós sabemos, e saber que nós não sabemos o que nós não sabemos, esse é o conhecimento verdadeiro."
Utilizador anónimo