Diferenças entre edições de "Luis Fernando Verissimo"

856 bytes adicionados ,  19h07min de 21 de maio de 2014
sem resumo de edição
*"Ninguém é uma coisa só, nós todos somos muitos."
:- ''do conto Obsessão. Em: Os últimos quartetos de Beethoven e outros contos. Rio de Janeiro: Objetiva, 2013. 162 p.''
 
*"Só o futebol permite que você sinta aos 60 anos exatamente o que sentia aos 6. Todas as outras paixões infantis ou ficam sérias ou desaparecem, mas não há uma maneira adulta de ser apaixonado por futebol. Adulto seria largar a paixão e deixar para trás essas criancices: a devoção a um clube e às suas cores como se fosse a nossa outra nação, o desconsolo ou a fúria assassina quando o time perde, a exultação guerreira com a vitória. Você pode racionalizar a paixão, fazer teses sobre a bola, observações sociológicas sobre a massa ou poesia sobre o passe, mas é sempre fingimento. É só camuflagem. Dentro do mais teórico e distante analista e do mais engravatado cartola aproveitador existe um guri pulando na arquibancada."
:- ''No livro Time dos Sonhos - Paixão, poesia e futebol. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011. 144 p.''
 
*"A minha musa inspiradora é o meu prazo de entrega".
1

edição