Abrir menu principal

Alterações

771 bytes adicionados ,  14h34min de 26 de março de 2014
sem resumo de edição
::- ''[[Sam Nujoma]] citado em "Dualibi Essencial: Minidicionário com mais de 4.500 frases essenciais" - página 119, Roberto Duailibi, Marina Pechlivanis, Editora Elsevier Brazil, ISBN 8535219579, 9788535219579, 496 páginas
 
* "A educação obrigatória são dez anos de prisão preventiva. Alfabetizar é somente um pretexto, e tal missão não é cumprida. Não ensinam, vigiam. Não educam, subjugam. Não despertam, apagam."
::- ''La scolarité obligatoire, c’est dix ans de prison préventive. Alphabétiser n’est qu’un prétexte, et cette mission n’est pas remplie. On n’enseigne pas, on surveille. On n’éduque pas, on soumet. On n’éveille pas, on éteint''.
:::- [[Tony Duvert]], ''Abécédaire malveillant'', Paris, Minuit, 1989, p. 73.
 
* "É comum dizer que as garotas são melhores em classe do que os garotos. Um cumplido envenenado. A escola é baseada na rutina, a mediocridade, a obediência, a comédia, a fofoca, o interesse individual, o servilismo para as mestras, o arte de atraiçoar os colegas. Isso é o que faz os garotos maus alunos: isso é o que favorece as garotas."
::- ''On répète que les filles sont meilleures en classe que les garçons. Un compliment empoisonné. L’école est fondée sur la routine, la platitude, l’obéissance, la comédie, la jaserie, le chacun pour soi, la servilité envers les maîtresses, l’art de trahir les camarades. Voilà ce qui rend les garçons mauvais élèves : voilà ce qui avantage les filles.''
:::- Tony Duvert, Op.cit., pp. 111-112.
 
==Temas relacionados==
428

edições