Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 04h25min de 5 de março de 2014
 
==Sobre==
 
*"Cultura não é ler muito, nem saber muito; é conhecer muito" ''in: Citações e Pensamentos de Fernando Pessoa, organização de Paulo Neves da Silva, editado em 2009 pela Casa das Letras, ISBN 978-972-46-1881-4, p. 25''
 
* "Era um homem que sabia idiomas e fazia versos. Ganhou o pão e o vinho pondo palavras no lugar de palavras, fez versos como os versos se fazem, isto é, arrumando palavras de uma certa maneira. Começou por se chamar Fernando, pessoa como toda a gente. Um dia lembrou-se de anunciar o aparecimento iminente de um super-Camões, um Camões muito maior do que o antigo, mas, sendo uma criatura conhecidamente discreta, que soia andar pelos Douradores de gabardina clara, gravata de lacinho e chapéu sem plumas, não disse que o super-Camões era ele próprio. Ainda bem. Afinal, um super-Camões não vai além de ser um Camões maior, e ele estava de reserva para ser Fernando Pessoa, fenómeno nunca antes visto em Portugal."
* "Ora você sempre está um lepidóptero!..."
:-'' Mário de Sá-Carneiro em carta a Fernando Pessoa, ''Camarate'', Quinta da Vitória, 8 de Outubro de 1914.
 
 
==Falsas Atribuições==
Utilizador anónimo