Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 13h14min de 14 de fevereiro de 2014
m
sem resumo de edição
[[w:Marcus Tullius Cícero|'''Marco Túlio Cícero''' ou '''Marcus Tullius Cicero''' (em Latim)]] ''(Arpino, Italia, [[3 de Janeiro]] de [[105 a.C.]] - Formies, [[7 de Dezembro]] de [[43 a.C.]]). Filósofo, orador, escritor, jurista e político influente romano.''
----
 
*"A [[alma]] das [[criança]]s é um [[espelho]] em que se retrata a [[natureza]]."
::- ''[[Cícero]] citado em "Cintilações" - página 56, Sabino Lino Conte - Editôra F.T.D., 1966 - 158 páginas''
 
*''"Timeo hominem unius libri"''
:- "Temo o homem de um só livro"
:- ''citado por '''Paulin Limayrac''', na obra "Revue des Deux Mondes", tome 7, 1844; [[s:fr:Revue littéraire|"Revue littéraire"]]''.
 
* "Quosque tandem abutere, Catilina, patientia nostra?"
 
* "Uma nação pode sobreviver aos idiotas e até aos gananciosos. Mas não pode sobreviver à traição gerada dentro de si mesma. Um inimigo exterior não é tão perigoso, porque é conhecido e carrega suas bandeiras abertamente. Mas o traidor se move livremente dentro do governo, seus melífluos sussurros são ouvidos entre todos e ecoam no próprio vestíbulo do Estado. E esse traidor não parece ser um traidor; ele fala com familiaridade a suas vítimas, usa sua face e suas roupas e apela aos sentimentos que se alojam no coração de todas as pessoas. Ele arruína as raízes da sociedade; ele trabalha em segredo e oculto na noite para demolir as fundações da nação; ele infecta o corpo político a tal ponto que este sucumbe. Deve-se temê-lo mais que a um assassino."
 
==Atribuídas==
 
*"A [[alma]] das [[criança]]s é um [[espelho]] em que se retrata a [[natureza]]."
::- ''[[Cícero]] citado em "Cintilações" - página 56, Sabino Lino Conte - Editôra F.T.D., 1966 - 158 páginas''
 
*''"Timeo hominem unius libri"''
:- "Temo o homem de um só livro"
:- ''citado por '''Paulin Limayrac''', na obra "Revue des Deux Mondes", tome 7, 1844; [[s:fr:Revue littéraire|"Revue littéraire"]]''.
 
*"Os [[vinho]]s são como os [[homens]]: com o [[tempo]], os maus azedam e os bons apuram".
::- ''[[Cícero]] citado em As pessoas e as suas coisinhas - Página 49, Manuel Dias - 1972''
 
 
[[Categoria:Pessoas|Cicero]]