Abrir menu principal

Alterações

814 bytes removidos, 10h25min de 1 de fevereiro de 2014
m
-sem fontes
 
 
* "Por conhecer as [[árvore]]s, compreendo o sentido da [[paciência]]. Por conhecer a [[grama]], dou [[valor]] à [[persistência]]."
::- ''Knowing trees, I understand the meaning of patience. Knowing grass, I can appreciate persistence. ''
:::- ''Countryman: A Summary of Belief‎ - Página 99, de [[Hal Borland]] - Publicado por Lippincott, 1965 - 160 páginas''
:::- ''Royal truths‎ - [http://books.google.com.br/books?id=jUsPJ4ObDcUC&pg=PA167 Página 167], [[Henry Ward Beecher]] - Ticknor and Fields, 1866 - 324 páginas
 
* "Não dou valor à [[fartura]] e às [[riqueza]]s, / Por isso vou ficar cada vez mais [[feliz]] / Para trazer mais [[riqueza]] à minha [[mente]] / E não ter minha mente na riqueza."
::- ''Yo no estimo tesoros ni riquezas; / y así, siempre me causa más contento / poner riquezas en mi pensamiento / que no mi pensamiento en las riquezas.''
:::- ''Poesía, teatro y prosa‎ - Página 39, de [[Juana Inés de la Cruz]], Antonio Castro Leal - edition 2, Publicado por Editorial Porrúa, 1965 - 306 páginas''
:::- ''[[Peter de Vries]] citado em "Readings in psychological development through life‎" - Página 345, Don C. Charles, William R. Looft - Holt, Rinehart and Winston, 1972, ISBN 0030800617, 9780030800610 - 433 páginas
 
* "Só nos apercebemos do [[valor]] dos nossos [[amigo]]s no momento em que surge a [[ameaça]] de os perder."
::- ''nous ne sentons le prix de nos amis qu’au moment où nous sommes menacés de les perdre.''
:::- ''Mémoires d'outre-tombe‎ - Tome second, [http://books.google.com/books?id=Cv0gCDmvwOYC&pg=PA67 Página 67], de [[François René Chateaubriand]] - Publicado por Meline, 1849''
 
* "O verdadeiro valor das coisas é o esforço e o problema de as adquirir."
:- ''[[Adam Smith]]'' {{carece de fontes}}
 
* "A [[informação]] só tem [[valor]] no momento em que é nova."
::- ''[[Walter Benjamin]] citado em "Walter Benjamin" - Página 82, Leandro Konder - Editora Record, 1999, ISBN 8520004989, 9788520004982 - 130 páginas''
 
* "Às vezes o espelho aumenta o [[valor]] das coisas, às vezes anula. Nem tudo o que parece valer acima do [[espelho]] resiste a si próprio refletido no espelho. As duas cidades gêmeas não são iguais, porque nada do que acontece em Valdrada é simétrico: para cada face ou gesto, há uma face ou gesto correspondido invertido ponto por ponto no espelho. As duas Valdradas vivem uma para a outra, olhando-se nos olhos continuamente, mas sem se amar."
::- ''[[Italo Calvino]] in: Cidades Invisíveis''
 
* "É próprio das democracias[[democracia]]s preferir na [[arte]] os valores[[valor]]es imperfeitos aos genuínos, que são aristocráticos e anti-utilitários.
* "A liberdade não tem qualquer valor se não inclui a liberdade de errar."
:- ''[[Mahatma Gandhi]]''
 
* "É próprio das democracias preferir na arte os valores imperfeitos aos genuínos, que são aristocráticos e anti-utilitários.
:- ''[[Benedetto Croce]]; Fonte: Poesia e Non Poesia ''
 
* "A [[vida]], se bem empregada, é suficientemente longa e nos foi dada com muita generosidade para a realização de importantes tarefas. Ao contrário, se desperdiçada no [[luxo]] e na [[indiferença]], se nenhuma [[obra]] é concretizada, por fim, se não se respeita nenhum [[valor]], não realizamos aquilo que deveríamos realizar, sentimos que ela realmente se esvai".
* "Aprenda a aproveitar o tempo, cujo valor é tanto mais apreciável quanto mais se compreende sua importância na vida."
:- ''[[Carlos Bernardo González Pecotche]]''
 
* "Quando encontramos pessoas de valor, devemos pensar em como podemos ser iguais a elas. Quando, ao contrário, encontramos pessoas sem caráter, devemos nos voltar para o nosso interior e examinar o que se passa lá dentro."
:- ''[[Confúcio]]''
 
* "Quanto mais o operário produz, menos tem para consumir; quanto mais cria valores, mais se deprecia."
:- ''[[Karl Marx]]''
 
* "A vida, se bem empregada, é suficientemente longa e nos foi dada com muita generosidade para a realização de importantes tarefas. Ao contrário, se desperdiçada no luxo e na indiferença, se nenhuma obra é concretizada, por fim, se não se respeita nenhum valor, não realizamos aquilo que deveríamos realizar, sentimos que ela realmente se esvai".
::- ''[[Sêneca]] in: Sobre a Brevidade da Vida''
 
* "Tudo o que perdemos, automaticamente dobra de [[valor]]."
* "O valor dos grandes homens mede-se pela importância dos serviços prestados à humanidade."
:- ''[[Voltaire]]''
 
* "Tudo o que perdemos, automaticamente dobra de valor."
::- ''Anything you lose automatically doubles in value''
:::- ''[[Mignon McLaughlin]] citado em "The Mammoth Book of Zingers, Quips, and One-Liners: Over 10,000 Gems of Wit and Wisdom, One-liners and Wisecracks‎" - Página 542, Geoff Tibballs - Running Press, 2004, ISBN 0786714077, 9780786714070 - 512 páginas
 
* "É incontestável que a [[arte]] deve conter [[valor]] social; como poderoso meio de [[comunicação]] que é, deve ser dirigida e em termos compreensíveis à percepção da [[humanidade]]".
::- ''Art must unquestionably have a social value; that is, as a potential means of communication it must be addressed, and in compreensible terms, to the understanding of mankind.''
:::- ''[[Rockwell Kent]] citado em The great quotations‎ - Página 387, de George Seldes - Publicado por L. Stuart, 1960 - 893 páginas''