Diferenças entre edições de "Nelson Piquet"

134 bytes adicionados ,  04h27min de 18 de julho de 2013
sem resumo de edição
m (r2.6.6) (Robô: A adicionar: fi:Nelson Piquet)
----
*"O [[Rubens Barrichello|Rubinho]] é um fracassado".
:- ''Fonte: Entrevista à revista Isto ÉISTOÉ Gente!, de 9 de Setembro de 2001''
 
* "O Rubinho é um bom piloto, mas o [[Michael Schumacher|Schumacher]] é melhor".
:- ''No Programa Roda Viva, da [[TV Cultura]]''
 
* "Se eu fosse ele, pulava o muro de Interlagos e só aparecia de novo na Argentina".
:- ''Entrevista para a revista Playboy de Abril de 1988''
 
*"Antes da corrida fiz meus planos: se o Nigel Mansell e o Ayrton saíssem na frente, deixaria eles irem embora, e só ficaria esperando o resultado daquela briga. Não deu outra: os dois logo se enroscaram, o Mansell sobrou e só então fui para cima do Ayrton. Passei na primeira tentativa, e sem problemas.
:Piquet conta como venceu o Grande Prêmio do Brasil de 1986
:- ''Entrevista para a revista Quatro Rodas de Novembro de 1986''
 
*"Esse negócio de adivinhar só é bom para loteria. Não sei em detalhes o que os outros times estão fazendo, como estão os projetos dos carros, que melhoras os projetistas estão conseguindo nos testes. Nem eu nem ninguém. Eu só posso dar opinião, fazer previsões sobre coisas das quais tenho informações concretas, consistentes. Chutar é coisa para o Galvão".
:- ''Entrevista à revista Isto ÉIstoÉ Gente de Outubro de 2004''
 
*"Eu já estava com o contrato nas mãos, mas algumas cláusulas não me agradavam inteiramente. Ron Dennis queria que eu escrevesse no contrato o número de dias que eu teria à minha disposição para trabalhos de relações públicas, além de exigir uma permanência de três anos. A flexibilidade da Lotus me deixou mais satisfeito: dois anos e concordância total com minhas exigências".
 
*"Quando cheguei na Williams, por exemplo, eu concorria com o piloto inglês da equipe, o Nigel Mansell. Eu queria ganhar, mas tudo o que eu desenvolvia ia para ele. Então armei um plano: dividir a equipe dentro da equipe. Comecei a descobrir as coisas fracas dele, como a mulher feia que ele tinha, e que ele era burro. Criei uma briga com ele e dividimos o time. Aí comecei a desenvolver o meu carro e não o dele. Venci. Essa foi uma das malícias".
: Piquet conta que na época quando era piloto de Fórmula 1 na equipe Williams, quais as malícias que ele passa para [[Nelson Angelo Piquet]].
: Contando como foi Campeão em 1987 derrotando seu companheiro de equipe.
:- ''Entrevista para a revista Isto éIstoé Gente, em9 Julho de 2001, número 101''
 
*"Minhas chances de vitórias começaram a desaparecer antes da metade da prova, quando a suspensão foi endurecendo. Provavelmente, o computador que a controla funcionava mal. As coisas pioraram ainda mais depois do pit stop, já que a suspensão estava praticamente rígida. Eu me senti feliz por terminar em 3º lugar".
*"De jeito nenhum. Tudo o que fiz foi muito melhor do que ele. Eu ganhei três campeonatos, com três motores diferentes. E, em todos os campeonatos em que participei, eu mesmo desenvolvia tudo. Ele não. Ele sempre correu com carro melhor, correu com o companheiro de equipe (Alain Prost em 1988 e 1989) que acertava o carro para ele. E a primeira vez que ele começou a ficar sozinho num time e que ele tinha que acertar o carro, começou a ficar cheio de problemas, cheio de angústia e cheio de tudo. Foi quando houve o acidente e ele morreu".
: Piquet falando de Ayrton Senna, já que ambos são tricampeões e que não se sentia inferior ao prestígio do colega de trabalho.
:- ''Entrevista para a revista Isto éIstoé Gente, em9 Julho de 2001, número 101''
 
*"O problema todo é perder um campeão que nem o (Ayrton) Senna".
: Quando do falecimento de Ayrton Senna em acidente no GP de Ímola.
:- ''Declaração para a [[rede Globo|TV Globo]] em Maio de 1994''.
 
*"Eu sabia que era só atiçar que ele (Mansell) vinha. E o babaca veio".
Utilizador anónimo