Diferenças entre edições de "Clarice Lispector"

219 bytes adicionados ,  19h21min de 29 de setembro de 2012
 
* "(...) Me lembro bem da carta que eu lhe escrevi, sobre deixar os outros em paz. Realmente o tom geral devia estar pessimista. O pessimismo passou, mas o bom propósito não: '''farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como responsabilidade na pessoa que o recebe.''' Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz... Também é bom porque em geral se pode ajudar muito mais as pessoas quando não se está cega pelo amor. (...)" in: No livro 'Minhas Queridas'. (um livro que reúne cartas escritas entre 1940 e 1957 para suas irmãs)
 
" *Mas não sou completa, não. Completa lembra realizada. Realizada é acabada. Acabada é o que não se renova a cada instante
da vida e do mundo. Eu vivo me completando, mas falta um bocado." ''[carece de fontes]''
 
* "Não desejo encontrar alguém que me complete, é pouco, mas que me transborde, até o final cansar e ser só início." (Fabricio Carpinejar)
Utilizador anónimo