Diferenças entre edições de "Sigmund Freud"

23 bytes adicionados ,  00h34min de 9 de setembro de 2012
* "Existem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis, e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las elas parecem não servir. Então a gente não diz, apenas sente."
 
* "Não somos apenas o que pensamos ser. Somos mais; somos também, o que lembramos e aquilo de que nos esquecemos; somos as palavras que trocamos, os enganos que cometemos, os impulsos a que cedemos...“sem querer“ ''[carece de fontes]''
 
* "Nós poderíamos ser muito melhores se não quiséssemos ser tão bons."
Utilizador anónimo