Diferenças entre edições de "Paulo Leminski"

205 bytes adicionados ,  19h14min de 29 de julho de 2012
m
sem resumo de edição
m
|Color=#c0c0c0
}}
[[w:Paulo Leminski|'''Paulo Leminski''' Filho]] ''([[w:Curitiba|Curitiba]], [[24 de agosto]] de [[1944]] - [[7 de junho]] de [[1989]]), foi um poeta e escritor brasileiro.''
----
 
::- "Teses, tesões". In ''Ensaios e anseios crípticos''.
 
*"Aqui dentro, duas obsessões me perseguem (que eu saiba): a fixação doentia na idéia de inovação e a (não menos doentia) angústia quanto à comunicação, como se percebe logo, duas tendências irreconciliáveis."
::- "Teses, tesões". In ''Ensaios e anseios crípticos''
 
 
*"Quando eu vi você
:tive uma idéia brilhante
:foi como se eu olhasse
:de dentro de um diamante
: e meu olho ganhasse
:mil faces num só instante."
::- "Amor bastante". In ''La vie en close'', p.91.
 
::- In ''"La vie en close", p.60.
 
*"Nunca cometo o mesmo erro duas vezes. Já cometo duas três, quatro, cinco, seis até esse erro aprender que só o erro tem vez."
*"nunca cometo o mesmo erro
:duas vezes
já cometo duas três
:quatro cinco seis
até esse erro aprender
:que só o erro tem vez"
::- "Erra uma vez". In ''La vie en close'', p. 42.
 
:De amor e arterioesclerose!"
::- ''Vida: Cruz e Sousa, Bashô, Jesus e Trótski'', p. 131. <ref>LEMINSKI, Paulo ''Vida: Cruz e Sousa, Bashô, Jesus e Trótski''. Editora Sulina, 1990, 348 páginas. ISBN 8520500412, 9788520500415</ref>
 
* "Não tem um jeito só de ser radical."<ref>Envie meu dicionário, p. 196, Paulo Leminski, Régis R. Bonvicino, Tarso M. de Melo, Editora 34, 1999 - 270 páginas. ISBN 8573261307, 9788573261301</ref>
 
==Atribuídas==