Diferenças entre edições de "Humildade"

711 bytes adicionados ,  01h01min de 20 de maio de 2012
m
+ fontes
m (+ fonte)
m (+ fontes)
 
*"A [[humildade]] é caminhar na [[verdade]]".
::- ''[[Teresa de Ávila]] citada em "Santa Teresinha de A a Z" - [http://books.google.com.br/books?id=GMEa4tK1fskC&pg=PA81 Página 81], Patrício Sciadini - Edicoes Loyola, 1996, ISBN 8515013975, 9788515013975 - 167 páginas
:- ''[[Teresa de Ávila]]''
 
*"[[Humildade]] é ser invulnerável."
::- ''Demuth ist Unverwundbarkeit.
:- ''[[Marie von Ebner-Eschenbach]]''
:::- ''Gesammelte Schriften: Aphorismen. Parabeln, Märchen und Gedichte - Volume 1 de Gesammelte Schriften, página 43, [[Marie von Ebner-Eschenbach]] - Paetel,1893
 
*"A [[humildade]] é o primeiro degrau para a [[sabedoria]]."
 
* "A [[Humildade]] tem de ser [[coragem|corajosa]]."
::- ''[[José de Paiva Netto]] no artigo “Oito décadas também construindo o Brasil”, publicado pela Folha de S. Paulo, em 19 de junho de 1988,
:- ''[[José de Paiva Netto]]''
 
* "A pessoa [[orgulho|orgulhosa]] pode aprender a ser [[humildade|humilde]], mas terá orgulho da [[humildade]]."
::- ''The proud man can learn humility, but he will be proud of it.
:- ''[[Mignon McLaughlin]]''
:::- ''[[Mignon McLaughlin]] citado em "The New Beacon book of quotations by women‎" - Página 330, Rosalie Maggio - Beacon Press, 1996, ISBN 0807067822, 9780807067826 - 844 páginas
 
* "Três coisas agradam a todo o mundo: [[gentileza]], [[frugalidade]] e [[humildade]]. Pois os gentis podem ser corajosos, os frugais podem ser liberais e os [[humildade|humilde]]s podem ser condutores de [[homens]]".
::- ''[[Taoísmo]]; Fonte: "Tau-te-King, 67" ''
 
* "(...) No amadurecimento de suas composições pictóricas - estruturadas todas por [[consciência]] artesanal que nada deixa a desejar - flui sempre a [[humildade]] do [[artista]] a revelar toda a beleza poética de sua [[alma]] (...)"
::- ''[[Quirino da Silva]] sobre [[Chen Kong Fang]], jornal "Diário da Noite", 09/Julho/61 ''
 
* "No [[mundo]] dominado pelo triunfalismo ideológico, o [[Papa João Paulo II]] tem a [[humildade]] de pedir perdão ao povo judeu e a outros povos injustiçados pela [[igreja]] no passado. Um gesto magnânimo, pedir [[perdão]]. É um líder de um imenso rebanho. Ele que é tão poderoso é também muito [[humildade|humilde]] e frágil. Mas espiritualmente muito forte".
 
*"O luar é a luz do sol vestida de [[humildade]]."
::- [[Teixeira de Pascoaes]], ''Pensamentos'', VIII, em ''Vida Etérea''
 
* "Nenhum [[trabalho]], por mais [[humildade|humilde]] que seja, desonra o [[homem]]."
::- ''[[Provérbios judaicos]]''
 
* "A [[história]] humana não se desenrola apenas nos campos de batalhas e nos gabinetes presidenciais. Ela se desenrola também nos quintais, entre plantas e galinhas, nas ruas de subúrbios, nas casas de jogos, nos prostíbulos, nos colégios, nas usinas, nos namoros de esquinas. Disso eu quis fazer a minha poesia. Dessa matéria [[humildade|humilde]] e humilhada, dessa vida obscura e injustiçada, porque o canto não pode ser uma traição à vida, e só é justo cantar se o nosso canto arrasta consigo as pessoas e as coisas que não tem voz".
 
* "Tenho tentado aprender a ser [[humildade|humilde]]. A engolir os nãos que a vida me enfia pela goela a baixo. A lamber o chão dos palácios. Ame sentir desprezado-como-um-cão, e tudo bem, acordar, excovar os dentes, tomar um café e continuar."
::- ''Cartas‎ - Página 131, de [[Caio Fernando Abreu]], Italo Moriconi - Publicado por Aeroplano Editora, 2002, ISBN 8586579394, 9788586579394 - 532 páginas''
 
* "A mais [[humildade|humilde]] canção popular, quando imbuída de humanidade, é [[poesia]]."
 
* "Ah! Seria doutor! Resgataria o [[pecado]] original do meu nascimento [[humildade|humilde]], amaciaria o suplício premente, cruciante e onímodo de minha cor... Nas dobras do pergaminho da carta, traria presa a consideração de toda a gente. Seguro de respeito à minha majestade de homem, andaria com ela mais firme pela vida em fora. Não titubearia, ,não hesitaria, livremente poderia falar, dizer bem alto os pensamentos que se contorciam no meu cérebro (...) Ah! Doutor! Doutor! Andar assim pelas ruas, pelas praças, pelas estradas, pelas salas, recebendo cumprimentos: Doutor, como passou? Como está, doutor? Era sobre-humano.
::- ''[[Afonso Henriques de Lima Barreto]]; Recordações do Escrivão Isaías Caminha. ''
 
* "Pouco [[conhecimento]] faz com que as criaturas se tornem orgulhosas. Muito conhecimento, que se tornem [[humildade|humilde]]s. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe".
 
* "Após o grande [[papa João Paulo II]], os cardeais escolheram a mim, um simples, [[humildade|humilde]] trabalhador da vinha do Senhor".
::- ''[[Papa Bento XVI]] em seu primeiro pronunciamento como novo sumo pontífice da Igreja Católica ''
 
* "Os gestos de [[amor]] são [[humildade|humilde]]s".