Palavras: diferenças entre revisões

1 190 bytes adicionados ,  11h35min de 14 de fevereiro de 2012
m
+ fontes
m (+ fontes)
m (+ fontes)
:::- ''Fonte: [[Paul Bourget]]; Cosmopolis (1892), capítulo 5, "Countess Steno" ("Condessa Steno")
 
* "O amor? Começa com grandes palavras, continua com palavrinhas, termina com palavrões."
*"O [[amor]]? Começa com grandes [[palavra]]s, continua com palavrinhas, termina com palavrões."
::- ''L'amour? [...] Des grands mots avant, des petits mots pendant... et des gros mots après!''
 
* "Opinião pública é o que as pessoas acreditam que as outras pessoas pensam."
::- ''Public opinion is no more than this: What people think that other people think.
:- ''[[Alfred Austin]]
:::- ''Prince Lucifer [a play].: [a Play].‎ - Página 189, de [[Alfred Austin]] - 1891 - 80 páginas
 
* "EscrevoQuando sinto a impulsäo lírica escrevo sem pensar, tudo o que o meu inconsciente me grita. Penso depois,: nãonäo só para corrigir, mascomo para justificar o que escrevi."
::- ''Poesias completas - página 59, [[Mário de Andrade]], Diléa Zanotto Manfio - Editora itatiaia, 2005, ISBN 853190210X, 9788531902109 - 535 páginas
:- ''[[Mário de Andrade]]
 
* "A eloqüência é a arte de aumentar as coisas pequenas e diminuir as grandes."
::- ''[[Sócrates]] citado em "Duailibi Essemcoal: Minidicionário com mais de 4.500 frases essenciais" - Página 125, Roberto Duailibi, Marina Pechlivanis - Elsevier Brazil, 2006, ISBN 8535219579, 9788535219579 - 496 páginas
:- ''[[Sócrates]]
 
* "Tudo já foi dito uma vez, mas como ninguém escuta é preciso dizer de novo."
::- ''Toutes choses sont dites déjà ; mais comme personne n'écoute, il faut toujours recommencer.
:- ''[[André Gide]]
:::- ''"Le retour de l'enfant prodigue: précédé de cinq autres traités" - página 10, [[André Gide]] - Éditions de la Nouvelle revue française, 1912 - 235 páginas
 
* "O mais valioso de todos os talentos é aquele de nunca usar duas palavras quando uma basta."
::- ''The most valuable of all talents is that of never using two words when one will do.
:- ''[[Thomas Jefferson]]
:::- ''[[Thomas Jefferson]] citado em Forbes: Volume 117,Edições 1-6, página 407, Bertie Charles Forbes - Forbes Inc., 1976
 
* "A palavra é metade de quem a pronuncia e metade de quem a ouve."
::- ''[[Michel Montaigne]] in: Ensaios, Livro III, Capítulo XIII - "Da experiência"
 
* "As palavras[[palavra]]s antigas são as melhores; as breves, as melhores de todas."
::- ''Broadly speaking, the short words are best and the old words are best of all
:- ''[[Winston Churchill]]
:::- ''[[Winston Churchill]] citado em Man of the century: Churchill - página 222, Richard Harrity, Ralph G. Martin, Richard Harrity - Duell, Sloan and Pearce, 1962 - 247 páginas
 
* "Não zombe das bobagens que os outros dizem. Podem representar uma oportunidade para você."