Diferenças entre edições de "Voltaire"

487 bytes adicionados ,  01h08min de 4 de janeiro de 2012
+má atribuição
m (+fonte)
(+má atribuição)
*"Os homens que comem carne e tomam beberagens fortes têm todos um sangue azedo e adusto, que os torna loucos de mil maneiras diferentes. Sua principal demência se manifesta na fúria de derramar o sangue de seus irmãos e devastar terras férteis, para reinarem sobre cemitérios."
:- ''A Princesa da Babilônia, Capitulo III
 
*"Eu posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las"
 
*" É verdade que há entre vós muitas mulheres que continuam falando a seus cães; mas estes resolveram não responder, desde que os forçaram, às chicotadas, a ir à caça e ser cúmplices da matança dos nossos velhos amigos comuns, os cervos, os gamos, as lebres e as perdizes."
:: ''est coupable de tout le bien qu'il ne fait pas.
:::- ''Le siecle de Louis XIV. - [http://books.google.com.br/books?id=g3AHAAAAQAAJ&pg=PA60 Página 60], [[Voltaire]] - 1752 - 479 páginas
 
==Mal atribuídas==
* "Eu desaprovo o que dizes, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo."<ref>A Contradição: Helvétius; Cápitulo 7, pág. 199.</ref>
**Variante: "Eu posso não concordarconcordo com ouma palavra do que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las"
:- largamente utilizada e creditada a Voltaire, esta frase é de [[Evelyn Beatrice Hall]], que a utilizou em correspondência com o ensaísta.<ref>[http://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&id=j3kGAQAAIAAJ&q=I+disapprove+of+what+you+say%2C+but+I+will+defend+to+the+death+your+right+to+say+it#search_anchor The friends of Voltaire], Evelyn Beatrice Hall. Smith Elder & co., 1906; 303 páginas.</ref>
 
==Atribuídas==
 
*"Todos têm suas penas, sejam reis ou pastores, sejam cães ou carneiros."
 
*"Posso não concordar com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo."
 
*"Acontece com os livros o mesmo que com os homens, um pequeno grupo, desempenha um grande papel."
::- ''Voltaire sagte, der Himmel habe uns zum Gegengewicht gegen die vielen Mühseligkeiten des Lebens zwei Dinge gegeben: die Hoffnung und den Schlaf.
:::- ''Sämmtliche Werke, Volume 4 (kritik der urtheilskraft und beobachtungen uber das gefuhl der schonen und erhabenen), [http://books.google.com.br/books?pg=PA209 página 209-210], [[Immanuel Kant]], Leopold Voss, 1838
 
{{referências}}
 
{{iluminismo}}
2 910

edições