Diferenças entre edições de "Dawson's Creek"

3 233 bytes adicionados ,  11h21min de 24 de outubro de 2011
sem resumo de edição
:'''Jen''': Não faz mal. Joey, só faço madeixas.
:'''Joey''': Então, Jen, és virgem?
:'''Dawson''': Isso não é muitonada maduroinfantil!
:'''Joey''': Bem, porque o Dawson é virgem e dois virgens causam um primeiro encontro desajeitado, não achas?
:'''Dawson''': Vais morrer.
<hr width="50%"/>
 
:'''Jen''': Vou-me embora Dawson, mas antes de ir há...
:Dawson: Mas, Jen eu...
:Jen: Não, não. Ouve-me Dawson, por favor, está bem? Porque parece que este é o dia das verdades e agora é a minha vez. Eu perdi a virgindade quando tinha 12 anos com um tipo mais velho que me embebedou, não me lembro do nome dele, mas depois da primeira ameaça de gravidez comecei a tomar a pílula e usei preservativo a maior parte das vezes, algumas vezes, não sei, não me lembro muito bem. Andava a beber muito e a ter muitos colapsos na altura. Fui sexualizada cedo demais e não desejo isso a ninguém. Quer dizer, o sexo numa idade tão nova é, mais vezes do que não é, uma má ideia. Finalmente apanharam-me a fazer sexo na cama dos meus pais. A menina do papá a fornicar mesmo à frente dos seus olhos. Ele ainda não consegue olhar-me na cara, mas também me despachou para 300km de distância para não ser obrigado a fazer isso, mas Dawson, já não sou essa pessoa. Nunca fui e também não sou aquela imagem de branca como a neve que tens, sou algo intermédio e estou só, estou só a tentar perceber isto.
 
:'''Pacey''': Não quero faltar ao respeito de ninguém aqui, mas se me derem só um segundo, faço com que cheguem a casa a tempo de jantar, está bem? Eu sei que a origem destes rumores foi atribuída a mim. E acho que faz sentido. Porque olhem para mim, aqui estou, um aluno mediano que se senta nas mesas de trás nas aulas de Inglês da Ms. Jacobs todos os dias, a sonhar acordado com a mesma coisa. Com como seria... ser um pouco mais bonito, um pouco mais sofisticado e cerca de 15 anos mais velho. Porque só assim é que a Ms. Jacobs poderia olhar para mim e ver algo mais do que apenas mais um dos seus estudantes. E só assim é que este rumor teria alguma hipótese de ser verdadeiro. Quer dizer, não me interpretem mal, estou lisonjeado com a seriedade com que trataram estas alegações, mas pessoalmente marcava-as como fantasia adolescente. Espero que façam o mesmo.
:'''Superintendente Stevens''': Corrija-me se estiver errado, Sr. Witter, mas para que fique registado, está a dizer que nega as afirmações já mencionadas?
:'''Pacey''': Sim, para que fique registado, senhor. E em qualquer sítio onde queira escrever isto. A Ms. Jacobs é a minha professora de Inglês e, para minha desilusão, não é mais nada.
 
:'''Joey''': Sim, no início odeiam-se todos e depois tornam-se amigos muito, muito bons.
:'''Jen''': Ah, pois. Esse filme não vale nada. O que aconteceu aos actores?
:'''Dawson''': O Anthony Michael Hall ganhou uma doença esquisita da tifóidetiróide, a Molly Ringwald perdeu o apelo ingénuo e o resto desvaneceu para a obscuridade da televisão.
:'''Pacey''': Nem pensar! OE o Emilio Eztevez!Estevez? Ele entrou naqueles filmes dos Campeões, lembram-se? Esses filmes são clássicos, tão engraçados... O que foi?
<hr width="50%"/>
 
:'''Abby''': Estão tão aborrecida.
:'''Pacey''': Bem, onde está o teu ecstasy, Abby? Tu e eu podíamos ir ao balneário dos rapazes e já sabes...
:'''Abby''': Já não tenho nenhum e mesmo que tivesse não o ia desperdiçar com o Rudolfo.
:'''Pacey''': O quê? Não vais deixar o Rudolfo juntar-se ao um dos teus jogos de renas pervertidos?
:'''Abby''': Ora aí está uma ideia: jogos. Podíamos jogar todos um jogo.
:'''Pacey''': A sério? Ao que queres jogar? Pôr a cauda na rameira?
<hr width="50%"/>
 
:'''Pacey''': Achas que podes parar de atirar bolas de basquete à minha cara, Dawson? Acho que é manifestamente óbvio que não vou roubar a tua namorada. Quer dizer, pelo menos tens uma namorada. A mim não me resta nada.
:'''Abby''': Tens a tua mão.
<hr width="50%"/>
 
:'''Jen''': Dawson, eu gosto de ti.
:'''Dawson''': Sim, mas não chega gostares de mim. Quero que me queiras-
:'''Jen''': És como um deus para mim, Dawson, e nem sequer acredito em Deus. Quer dizer, esta escola não me recebeu exactamente de braços abertos. Parece que toda a gente me odeia aqui e não sei porquê. Se é porque sou de Nova Iorque, ou porque sou diferente. Parece que a minha vida aqui não passa de um grande castigo de onde não posso fugir, mas depois penso em ti. E em como conheci um tipo que é tão romântico e que se preocupa tanto e de quem gosto e que quero tanto. Dawson, é por tua causa que sobrevivo aos dias maus. E se achas que quero que sejas um garanhão grande da equipa principal, então estás doido.
:'''Dawson''': Eu compreendo que queiras que as coisas aconteçam com calma, a sério. E não te quero apressar. Não quero ser esse tipo. Mas sou humano, tenho hormonas. E se dissesse que nunca pensei em ter sexo contigo, estaria a mentir. Esse pensamento já me passou pela cabeça. Umas mil vezes por dia.
:'''Jen''': Só mil? Isso não é nada.
<hr width="50%"/>
 
=== Boyfriend ===
 
:'''Pacey''': Como estou?
:'''Joey''': Pareces um anúncio de remoção de tótó.
<hr width="50%"/>
 
:'''Pacey''': Joey, nunca me interessei muito pela tua vida porque, sinceramente, a tua vida nunca foi muito interessante.
<hr width="50%"/>
 
:'''Gale''': Quando vais parar de me castigar?
:'''Mitch''': Quando me livrar da imagem da minha mulher nua a brincar ao esconde... quando deixar de magoar.
<hr width="50%"/>
 
:'''Cliff''': Olá, estou à procura da Jen. Não me sabes dizer onde ela está a esta hora, pois não?
:'''Dawson''': Não, não sei. Desculpa.
:'''Cliff''': Bem, dá-lhe uma mensagem, sim? Diz-lhe que vou fazer um churrasco na minha casa este Sábado e gostava que ela fosse. E, que se lixe, porque não vens também?
:'''Dawson''': Fixe. Parece-me bem.
:'''Cliff''': Não sei se me podes ajudar com isto. A Jen não tem um namorado, pois não?
:'''Dawson''': Sim, tem. Eu.
:'''Cliff''': A sério?
:'''Dawson''': Sim.
:'''Cliff''': Isso é óptimo, meu.
<hr width="50%"/>
 
:'''Pacey''': [a falar de Joey] Oh, Dawson, meu bom e absorto amigo. Um dia destes vais mesmo ter de fazer uma revisão gigantesca à tua vida. Ela não te confundiu com ninguém. Esta rapariga está com a cabeça nas nuvens e completamente, absolutamente apaixonada por ti, está bem?
 
{{w}}