Diferenças entre edições de "Marquês de Sade"

428 bytes adicionados ,  23h26min de 3 de abril de 2011
m
+ fontes
m
m (+ fontes)
::- ''c'est sans aucune terreur que j'aperçois la désunion des molécules de mon existence.''
:::- ''[[Marquês de Sade]] in: Oeuvres‎ - Página 148, de Sade - Publicado por Le Jeune parque, 1947 - 421 páginas''
 
* "Não há [[paixão]] mais [[egoísta]] do que a [[luxúria]]."
::- ''il n'ya point de passion plus égoïste que celle de la luxure
:::- ''Morceaux choisis de Donatien-Alphonse-François - página 92, marquis de Sade, Sade (marquis de), Gilbert Lély - P. Seghers, 1948 - 159 páginas
 
==Atribuídas==
{{sem fontes}}
 
* "Não há paixão mais egoísta do que a luxúria."
 
* "Não há outro inferno para o homem, além da estupidez ou da maldade dos seus semelhantes".
::- ''Il n'ya d'autre enfer pour l'homme que la bêtise ou la méchanceté de ses semblables.
:::- ''citado em "Frédéric Dard" - página 68, Louis Bourgeois - Manufacture, 1985 - 173 páginas
 
* "Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem perigo."