Diferenças entre edições de "Hélder Câmara"

84 bytes adicionados ,  01h07min de 15 de março de 2011
m
+ fontes - sem fontes
m (Bot: Adicionando: sk:Helder Camara)
m (+ fontes - sem fontes)
[[w:Dom Hélder Câmara|'''Dom Hélder Câmara''']] ''(Fortaleza, Ceará, [[7 de fevereiro]] de [[1909]] — Recife, Pernambuco, [[27 de agosto]] de [[1999]]). Arcebispo da Igreja Católica Apostólica Romana que se destacou pela sua postura em prol dos direitos humanos.''
----
 
 
* "Há criaturas como a cana: mesmo postas no moenda, esmagadas de todo, reduzidas a bagaço, só sabem dar doçura"
::- ''Mil razões para viver: meditações do padre José‎ - Página 34, de Hélder Câmara - Publicado por Civilização Brasileira, 1978 - 101 páginas''
 
==Atribuídas==
 
*"Quando dou comida aos pobres chamam-me de '''santo'''. Quando pergunto por que eles são pobres chamam-me de '''comunista'''."
* "Aqui é Dom Helder. Está preso aí (na delegacia) o meu irmão" (um homem que estava sendo espancado). O policial levou um susto: "Seu irmão, eminência?". "É. Apesar da diferença de nomes, somos filhos do mesmo Pai..."
:- ''citado por [[Frei Betto]], em "Fome de pão e de beleza‎" - Página 52, de Betto - Publicado por Edições Siciliani, 1990 - 330 páginas''
 
* "Há criaturas como a cana: mesmo postas no moenda, esmagadas de todo, reduzidas a bagaço, só sabem dar doçura"
::- ''Mil razões para viver: meditações do padre José‎ - Página 34, de Hélder Câmara - Publicado por Civilização Brasileira, 1978 - 101 páginas''
 
* "Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver."
::- ''citado em "Envelhecimento bem-sucedido‎" - Página 137, de Newton Luiz Terra, Beatriz Dornelles, Programa Geron, Programa Geron - Publicado por EDIPUCRS, 2002, ISBN 8574303089, 9788574303086 - 536 páginas''
 
==Atribuídas==
{{sem fontes}}
 
* "Sempre que procura defender os sem-vez e sem-voz, a Igreja é acusada de fazer política."
::- ''no termino do Concílio Vaticano II; como [http://www.arquidiocesecuiaba.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2489&Itemid=75 citado] por Pe. Wagner Stephan em "Ecumenismo:Caminho de humanização e escola de amor"
 
* "Começar bem é um graça divina. Persistir no caminho certo é uma graça maior ainda. E a graça das graças é desistir nunca."
 
{{religião}}