Diferenças entre edições de "Ernst Bloch"

1 151 bytes adicionados ,  22h36min de 27 de dezembro de 2010
sem resumo de edição
m (img)
:- ''O Princípio Esperança ''
 
* "Tudo que é inteligente foipode já ter sido pensado sete vezes. Mas, quando se pensarepensado de novo, em outraum épocaoutro tempo e circunstânciaem situação outra, deixanão deé sermais a mesma coisa. Não somente o pensador, mas , e sobretudo, a coisa a pensar mudaram nesse meio tempo."
:- ''Avicenne et la Gauche Aristotélicienne. (ISBN 978-2-913534-08-7)''
::- ''It may be that every sensible idea has already been conceived seven times. But if it is reflected on again, at another time and under different circumstances, it is no longer the same idea.
 
:::- ''citado em "Learning and teaching in distance education: pedagogical analyses and interpretations in an international perspective"‎ - Página 1, Otto Peters - Routledge, 2001, ISBN 0749435941, 9780749435943 - 279 páginas
* "Em último caso, por isso, resta a alternativa cambiante entre o nada absoluto e o tudo absoluto: o nada absoluto é o fracasso decidido da utopia, enquanto que o tudo absoluto – na pre-aparência do reino da liberdade – é o cumprimento decidido da utopia ou o ser como utopia. O triunfo do nada ao final foi pensada mitologicamente como inferno; o triunfo do tudo ao final, como céu: na verdade, o próprio tudo não é outra coisa senão a identidade do homem que retorna a si mesmo com o mundo bem sucedido para ele".
 
 
* "Nesta linha, se encontra a solução da questão estética da verdade: a arte é um laboratório e, na mesma medida, uma festa de possibilidades desenvolvidas, junto às alternativas experimentadas, tendo presente que tanto o desenvolvimento como o resultado, tem lugar na maneira da aparência fundada, ou seja, da pré-aparência perfeita no mundo. Na grande arte, tanto o exagero como a fabulação são claramente vistos, e mais do que nunca, como dirigidos em direção a uma consequência tendencial e a uma utopia concreta. Mas é claro, se esse clamor pela perfeição – que pode ser chamada de oração atéia da poesia – vai se tornar, de alguma maneira, prático e não vai permanecer simplesmente na pré-aparẽncia estética, é algo que não se decide na poesia, mas na sociedade".
:-''O Princípio Esperança''
 
 
[[Categoria:Pessoas]]
[[Categoria:filósofos da Alemanha]]
[[Categoria:filósofos marxistas]]
 
[[de:Ernst Bloch]]
Utilizador anónimo