Diferenças entre edições de "Stanislaw Ponte Preta"

284 bytes adicionados ,  21h26min de 17 de dezembro de 2010
m
+ fontes - sem fontes
m (fonte)
m (+ fontes - sem fontes)
[[w:Stanislaw Ponte Preta|'''Stanislaw Ponte Preta''']],'' pseudônimo de '''Sérgio Marcus Rangel Porto''' ([[11 de janeiro]] de [[1923]] - [[30 de setembro]] de [[1968]], [[Rio de Janeiro]]); foi um [[cronista]], [[escritor]], [[radialista]] e [[compositor]] brasileiro.''
----
 
==Atribuídas==
 
*"Era desses caras que cruzam cabra com [[periscópio]] pra ver se conseguem um [[bode expiatório]]."
*"[[Televisão]] é uma máquina de fazer doidos"
::- ''atribuído a Tia Zulmira, em "Rosamundo e os Outros" - Página 211, Stanislaw Ponte Preta - Ediouro Publicações, 1963, ISBN 8522007403, 9788522007400 - 224 páginas
 
==Atribuídas==
{{sem fontes}}
 
*"Homem que desmunheca e mulher que pisa duro não enganam nem no escuro".
::- ''citado em "Dupla exposição: Stanislaw Ponte Preta, Sérgio Porto" - página 268, Renato Sérgio - Ediouro, 1998, ISBN 8500006420, 9788500006425 - 335 páginas
 
*"Uma [[feijoada]] só é realmente completa quando tem [[ambulância]] de plantão".
*"[[Política]] tem esta desvantagem: de vez em quando o sujeito vai preso em nome da liberdade".
::- ''citado em "Feliz 1958: o ano que não devia terminar" - Página 82, Joaquim Ferreira dos Santos - Editora Record, 1997, ISBN 8501051853, 9788501051851 - 190 páginas
*"Tirante mulher, a gente deve recomendar tudo aquilo que experimentou e gostou".
 
*"Uma [[feijoada]] só é realmente completa quando tem [[ambulância]] de plantão".
 
*"PenaltyPênalti é uma coisa tão importante que quem devedeveria bater é o presidente do clube".
::- ''citado em "Frases Geniais" - Página 322, PAULO BUCHSBAUM, Ediouro Publicações, 2004, ISBN 8500015330, 9788500015335 - 440 páginas