Diferenças entre edições de "Carnaval"

3 890 bytes removidos ,  19h19min de 15 de agosto de 2010
(resumo da edição suprimido)
m (Bot: Removendo: li:Vastelaovend)
(resumo da edição suprimido)
Vai todo mundo cagar a merda mais fedida do mundo.
[[Imagem:CarnavalBrazilRio2005.jpg|thumb|300px|Carnaval no Rio de Janeiro, Brasil - fevereiro de 2005]]
 
O '''[[w:Carnaval|Carnaval]]''' é um período anual de festas profanas, originadas na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-feira de cinzas, às vésperas da Quaresma. Constituía-se de festejos populares provenientes de ritos e costumes pagãos e se caracterizava pela liberdade de expressão e movimento. É a maior festa popular do Brasil.
----
 
*“Ligo a televisão. Plumas, pedrarias, dourados – é o desfile do carnaval milionário. Os holofotes estão tontos, tonto o cinegrafista porque os apelos são excessivos, tudo é importante, focalizar o passista é perder a mulata que já vem vindo no auge, fantasia de estrela, hora e vez da estrela no carro de glória mas cuidado! Lamês e lantejoulas não cubram os seios, o ventre, o traseiro – câmera abre no traseiro rebolante.”
:- [[Lygia Fagundes Telles]]
 
*Do apartamento de Dora
:Ouve-se o ruído lá fora
:Do carnaval que já vem.
:O samba do morro desce
:E a gente do morro esquece
:Do gosto que a vida tem.
:- [[Cruz e Sousa]]
 
*"Terminado o Carnaval, eis que nos encontramos com os seus melancólicos despojos: pelas ruas desertas, os pavilhões, arquibancadas e passarelas são uns tristes esqueletos de madeira; oscilam no ar farrapos de ornamentos sem sentido, magros, amarelos e encarnados, batidos pelo vento, enrodilhados em suas cordas; torres coloridas, como desmesurados brinquedos, sustentam-se de pé, intrusas, anômalas, entre as árvores e os postes. Acabou-se o artifício, desmanchou-se a mágica, volta-se à realidade."
:- [[Cecília Meireles]]
 
*"Posso não ser muito alegre, mas triste também não sou. A alegria e a tristeza são vizinhas. Não sou de vestir máscaras, nem nada disso, mas gosto de ver as pessoas dançando".
:- ''[[Cesaria Evora]], dizendo que é uma apreciadora da folia do Carnaval''
:- ''Fonte:Site Folha Ilustrada 26/11/2005 - 17h28''
 
* “O Carnaval mudou, os desfiles privilegiam o espetáculo visual em detrimento do samba, do ritmo e do povo cantando”
:- ''[[Paulinho da Viola]]; Fonte: Revista IstoÉ Edição 1635
 
* "Vou desfilar pela última vez este ano. Cansei!"
:- ''[[Suzana Vieira]]; dia 27 de fevereiro, no Bastidores do Carnaval 2006 da Rede TV! ''
 
* "Se o amor é fantasia, eu me encontro ultimamente em pleno carnaval."
:- ''[[Vinícius de Moraes]]''
 
*(...)Discuti com os seguranças e pode ser que algum repórter tenha me visto xingando alguém e interpretado diferente.
:- ''[[Dado Dolabella]] ao ser perguntado se ofendeu integrantes da Velha Guarda da Portela no Carnaval de 2005.''
:-''Fonte: Revista ISTO É Gente!, [http://www.terra.com.br/istoegente/360/reportagens/capa_dado_02.htm Edição 360].''
 
* "Se a única coisa que de o homem terá certeza é a morte; a única certeza do brasileiro é o carnaval no próximo ano".
:- ''[[Graciliano Ramos]]''
 
* "Vamos fazer um concurso de lombo, porque não podemos falar bunda"
:- ''[[Bussunda]] na TV Globo, durante a cobertura do Carnaval de 1990, após ser proibido pela Globo de falar a palavra "bunda" no ar ''
 
* Roberto da Matta, importante antropólogo e comentador social, observou que apesar da reversão de papel ser parte importante do carnaval, outras áreas da vida brasileira, inclusive relacionamentos sexuais, podem ser rígidas e hierárquicas.
:- ''[[Bruna Surfistinha]]''
 
* "Eu não entendo bem qual é a ligação do Raul com uma escola de samba. Passei um carnaval com ele e me lembro de que ele preferiu ficar trancado em casa por quatro dias, ouvindo [[Elvis Presley]]. Não dá pra entender como o cerne da obra do cara, o questionamento de tudo e de todos, acabou perdido em algum ponto."
:- ''[[Marcelo Nova]] ainda sobre a escola de samba.''
 
{{Wikipédia}}
 
[[Categoria:Temas]]
 
[[de:Karneval]]
[[es:Carnaval]]
[[it:Carnevale]]
25

edições