Diferenças entre edições de "Alexis de Tocqueville"

879 bytes adicionados ,  17h05min de 22 de março de 2010
m
+ fontes - sem fontes
m (Bot: Adicionando: hu:Alexis de Tocqueville)
m (+ fontes - sem fontes)
----
 
*"Quando o [[passado]] não ilumina o [[futuro]], o espírito vive em trevas."
==Atribuídas==
::- ''Le passé n'éclairant plus l'avenir, l'esprit marche dans les ténèbres.
{{sem fontes}}
:::- ''De la démocratie en Amérique ... et augmentée ... d'un examen ... - Volumes 3-4, [http://books.google.com.br/books?id=xRITAAAAYAAJ&pg=RA1-PA340 Página 340], Alexis de Tocqueville - 1848
 
* "Existem hoje na terra dois grandes povos que, a partir de pontos diferentes, parecem avançar para o mesmo objetivo: são os russos e os anglo-americanos. Ambos cresceram no escuro, e quando a atenção da humanidade foi dirigido em outros lugares, eles são subitamente colocado na linha da frente das nações eo mundo aprendeu sobre o tempo, a sua existência e sua grandeza. Todas as outras nações parecem ter atingido quase os limites chamou a natureza, e só tinha de manter, mas eles estão crescendo: todos os outros são presos ou avançar com extrema dificuldade; caminham sozinhos com facilidade e rapidez ao longo de um caminho cujo limite ainda não é conhecido.
*"Na [[política]], os [[ódio]]s comuns são a base das alianças".
::- ''Il y a aujourd'hui sur la terre deux grands peuples qui, partis de points différents, semblent s'avancer vers le même but: ce sont les Russes et les Anglo-Américains. Tous deux ont grandi dans l'obscurité; et tandis que les regards des hommes étaient occupés ailleurs, ils se sont placés tout à coup au premier rang des nations, et le monde a appris presque en même temps leur naissance et leur grandeur. Tous les autres peuples paraissent avoir atteint à peu près les limites qu'a tracées la nature, et n'avoir plus qu'à conserver; mais eux sont en croissance : tous les autres sont arrêtés ou n'avancent qu'avec mille efforts; eux seuls marchent d'un pas aisé et rapide dans une carrière dont l’oeil ne saurait encore apercevoir la borne.
:::- ''Œuvres complètes d'Alexis de Tocqueville - Volume 2, [http://books.google.com.br/books?id=NWpmbs5XfwoC&pg=RA4-PA430 Página 430], Alexis de Tocqueville, Marie Motley Clérel de de Tocqueville - M. Lévy frères, 1864
 
==Atribuídas==
*"Os costumes, cuja excelência torna o [[governo]] quase inútil e cuja corrupção o torna quase impossível."
 
*"A [[liberdade]] da [[imprensa]] não faz sentir o seu [[poder]] apenas sobre as opiniões [[política]]s, mas também sobre todas as opiniões dos [[homens]]. Não modifica somente as [[leis]], mas os costumes (...) Amo-a pela consideração dos males que impede, mais ainda do que pelos bens que produz".
::- ''citado em "Revista brasileira de estudos políticos", Edições 60-61, Universidade de Minas Gerais - Universidade Federal de Minas Gerais, 1985
 
*"Despotismo pode governar sem [[fé]], mas [[liberdade]] não pode. Como será possível aquela [[sociedade]] escapar da destruição, se o nó [[moral]] não é fortalecido em proporção ao quanto o nó [[política]] é relaxado? E o que pode ser feito com pessoas cujos próprios mestres são, ou se eles não são, submissos à Divindade?"
 
*"Creio que, em qualquer época, eu teria amado a [[liberdade]]; mas, na época em que vivemos, sinto-me propenso a idolatra-lá."
 
*"Quando o [[passado]] não ilumina o [[futuro]], o espírito vive em trevas."
 
* "[[Democracia]] e [[socialismo]] não têm em comum senão uma [[palavra]]: [[igualdade]]. Mas repare-se na diferença: enquanto a [[democracia]] procura a [[igualdade]] na [[liberdade]], o [[socialismo]] procura a [[igualdade]] na repressão e na servidão".
* "Existem presentemente duas grandes nações no mundo... Refiro-me aos russos e americanos... Todas as outras nações parecem ter atingido os seus limites nacionais e só têm de manter o seu [[poder]]; apenas os primeiros procedem um caminho cujo limite ainda não é conhecido".
 
[[Categoria:Pessoas]]