Diferenças entre edições de "Pierre Corneille"

272 bytes adicionados ,  01h06min de 21 de março de 2010
m
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: simple:Pierre Corneille)
m
[[w:Pierre Corneille|'''Pierre Corneille''']] ''([[6 de junho]] de [[1606]] - [[1 de outubro]] de [[1684]]); foi um dramaturgo de tragédias [[francês]]; foi um dos três maiores produtores de [[drama]]s na [[w:França|França]], durante o [[século XVII]], ao lado de [[Molière]] e [[Racine]].''
----
 
* "Quando não há [[perigo]] na [[luta]], não há [[glória]] no [[triunfo]]."
::- ''A vaincre sans péril, on triomphe sans gloire
:::- ''Théàtre de Pierre de Thomas Corneille: avec notes et commentaires‎ - Volume 1, [http://books.google.com.br/books?id=uPsZAAAAYAAJ&pg=PA42 Página 42], [[Pierre Corneille]], Firmin Didot frères, 1853
 
* "É indispensável boa [[memória]] após se haver mentido."
:- ''A qui sait bien aimer, il n’est rien d’impossible''
::- "MEDEE", in: "Théatre de P. Corneille: avec les commentaires de Voltaire", volume 3 - [http://books.google.com.br/books?id=UJcrAAAAMAAJ&pg=PA104 página 104]; Por Pierre Corneille, Voltaire, Fontenelle (Bernard Le Bovier), William Shakespeare, Thomas Corneille, Jean Racine, Georges de Schudéry; Publicado por Ches Bossange, Masson et Besson, 1797''
 
* "Quem se [[vence]] uma vez pode-se vencer sempre."{{carece de fontes}}
 
*"Os [[mentirosos]] estão sempre dispostos a jurar".