Diferenças entre edições de "Søren Kierkegaard"

648 bytes adicionados ,  21h49min de 19 de março de 2010
m
+ fontes - sem fontes
m (+ fontes - sem fontes)
 
*"Acima de tudo, não se esqueça da obrigação de amar a si mesmo."
::- ''Carta a Hans Peter, primo de Kierkegaard (1848)
 
*"A maioria dos [[homens]] persegue o [[prazer]] com tanta impetuosidade que passa por ele sem vê-lo."{{carece de fontes}}
==Atribuidas==
::- ''Most men pursue pleasure with such breathless haste that they hurry past it.
{{sem fontes}}
:::- ''Parables of Kierkegaard, Princeton paperbacks - página 27, Soren Kierkegaard, editor Thomas C. Oden, Princeton University Press, 1989, ISBN 0691020531, 9780691020532, 216 páginas
 
*"Ficar em pé e provar a existência de Deus é bem diferente de ficar de joelhos e agradecê-Lo."{{carece de fontes}}
*"A maioria dos homens persegue o prazer com tanta impetuosidade que passa por ele sem vê-lo."{{carece de fontes}}
::- ''for to stand on one leg and prove God's existence is a very different thing from going on one's knees and thanking him
:::- ''[http://www.archive.org/stream/journalsofkierke002379mbp/journalsofkierke002379mbp_djvu.txt The Journals Of Kierkegaard] (1841)
 
==Atribuidas==
*"A inveja é admiração sem esperança."{{carece de fontes}}
 
*"Existir é existir diante de Deus, e a incompreensibilidade da infinitude divina faz com que a consciência vacile como diante de um abismo."{{carece de fontes}}
 
*"Aventurar-se causa ansiedade, mas deixar de arriscar-se é perder a si mesmo."{{carece de fontes}}
 
*"Aventurar-se causa ansiedade, mas deixar de arriscar-se é perder a si mesmo."{{carece de fontes}}
*"Ficar em pé e provar a existência de Deus é bem diferente de ficar de joelhos e agradecê-Lo."{{carece de fontes}}
::- ''citado em "Crítica, uma ciência da literatura‎" - Página 145, Wendel Santos - UFG Editora, 1983, ISBN 8585003138, 9788585003135 - 188 páginas
 
*"Enganar-se a respeito da natureza do [[amor]] é a mais espantosa das perdas. É uma perda eterna, para a qual não existe compensação nem no [[tempo]] nem na [[eternidade: a privação mais horrorosa, que não é possível recuperar nem nesta vida... nem na futura!]]"{{carece de fontes}}
::- ''At bedrage sig selv for kærlighed er det forfærdeligste, er et evigt tab, for hvilket der ingen erstatning er, hverken i tid eller evighed
:::- ''citado em "Gud er kærlighed: betragtninger over grundtankerne i Søren Kierkegaards "Kjerlighedens gjerninger"‎" - Página 24, H. J. Falk - Aros, 1986, ISBN 8770034869, 9788770034869 - 71 páginas
 
[[Categoria:Pessoas|Soren Kierkegaard]]