Diferenças entre edições de "Paixão"

284 bytes adicionados ,  13h24min de 18 de fevereiro de 2010
m
fonte
m (fontes)
m (fonte)
:::- ''The picture of Dorian Gray‎ - [http://books.google.com.br/books?id=EgSmETBQQr4C&pg=PA111 Página 111], [[Oscar Wilde]] - Babylon Dreams, 1910, ISBN 1603037829, 9781603037822 - 312 páginas
 
*"As paixões são como ventanias que enfurnamenchem as velas dos navios, fazendo-os navegar; outrasàs vezes podemelas fazê-los naufragaroprimem, mas se não fossemsem elas, não haveriampoderia viagens, nem aventuras, nem novas descobertas.navegar"
::- ''On parla des passions. Ah! qu'elles sont funestes! disait Zadig. Ce sont les vents qui enflent les voiles du vaisseau, repartit l'ermite: elles le submergent quelquefois; mais sans elles il ne pourrait voguer.
:[[Voltaire]]
:::- ''"Zadig - Histoire Orientale" in: "Oeuvres complètes de Voltaire", Volume 18‎ - [http://books.google.com.br/books?id=Ghc-AAAAYAAJ&pg=PA164 Página 164], Voltaire - Pourrat Frères, 1831
 
*"Quem domina suas paixõesemoções é [[escravo]] da [[razão]]".
::- ''he who is master of his emotions is apt to be his reason's slave.
:[[Cyril Connolly]]
:::- ''The Condemned Playground‎ - Página 16, [[Cyril Connolly]] - READ BOOKS, 2006, ISBN 1406726524, 9781406726527 - 296 páginas
 
*"Quem se apaixona por si mesmo não tem rivais".
::- ''He that falls in love with himself will have no rivals.
:::- ''"The sayings of Poor Richard": the prefaces, proverbs, and poems of Benjamin Franklin originally printed in Poor Richard's almanacs for 1733-1758‎ - Página 92, [[Benjamin Franklin]], Paul Leicester Ford - G.P. Putnam's Sons, 1889 - 288 páginas
 
*"O apaixonado nunca é feliz; a felicidade é o preço da audácia.
:[[Lope de Vega]]
 
*"O Homem que não vive de paixões, sejam elas quais forem, não conhece a paixão de se viver.
:[[A.M.H.]]
 
*"As [[paixões]] [[humana]]s, como as formas da [[natureza]], são [[eterna]]s".
*"Como são sábios os que não passam de tolos apaixonados!
:[[Joshua Cooke]]
 
*"Paixão é pesadelo, tortura e sonho enquanto dura. Pobre de quem nunca a viveu.
:[[Marta Suplicy]]
 
*"O homem pode se dar ao luxo de prolongar o período de apaixonamento. A mulher, muito antes, tem que botar a viola no saco.
:[[Dina Sfat]]
 
*" Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure.
::- ''[[Vinícius de Moraes]]; trecho de "Soneto da Fidelidade"; Vinícius em discurso no casamento de Nelson Motta; Obra poética‎ - Página 247, de Vinícius de Moraes, Afrânio Coutinho - Publicado por José Aguillar, 1968 - 727 páginas
:[[Vinícius de Moraes]]
 
*"A duração da paixão é proporcional à resistência original da mulher.
::- ''[[Honoré de Balzac]], "The Physiology of Marriage" 1829
 
* "A [[mulher]] se apaixona através de suas [[orelha]]s e o [[homem]] através de seus [[olho]]s".