Diferenças entre edições de "Covardia"

1 092 bytes adicionados ,  00h27min de 27 de janeiro de 2010
m
sem resumo de edição
m
m
::- ''A conservative is a man who is too cowardly to fight, and too fat to run
:::- ''Philistine: A Periodical of Protest, December 1902 to May 1903‎ - Página 155, [[Elbert Hubbard]] - Kessinger Publishing, 2003, ISBN 0766164500, 9780766164505 - 400 páginas
 
* "Não é por causa da [[covardia]] da [[mulher]], [[incapacidade]], nem, sobretudo, por causa de sua [[virtude]] superior geral, que ela vai acabar com a [[guerra]], quando sua [[voz]] for plena e claramente ouvida no [[governo]] de [[Estado]]s - é porque, neste ponto, e sobre este ponto praticamente sozinho, o [[conhecimento]] da [[mulher]], simplesmente como [[mulher]], é superior ao do [[homem]]; ela sabe a [[história]] da carne humana, ela sabe o seu custo, ele não."
::- ''It is not because of woman's cowardice, incapacity, nor, above all, because of her general superior virtue, that she will end war when her voice is fully and clearly heard in the governance of states — it is because, on this one point, and on this point almost alone, the knowledge of woman, simply as woman, is superior to that of man; she knows the history of human flesh; she knows its cost; he does not
:::- ''"Woman and Labor" - [http://books.google.com.br/books?id=FkFi8yS02RoC&pg=PA178 página 178], [[Olive Schreiner]], Kessinger Publishing, 2005, ISBN 1417936460, 9781417936465, 308 páginas
 
{{w}}