Diferenças entre edições de "Força"

250 bytes adicionados ,  19h33min de 9 de dezembro de 2009
m
fonte
m (fonte)
m (fonte)
:- ''[[Jaime Balmes]]''
 
* "Nada existe que possa se dar [[valor]] como à [[justiça]]. A [[força]] só tem um valor artificial".
::- ''Nada hay que dé tanto valor como la justicia. La fuerza sólo da un valor artificial
:- ''[[Ignacio Manuel Altamirano]]''
:::- ''Obras completas, Volume 23‎ - Página 33, [[Ignacio Manuel Altamirano]], Catalina Sierra Casasús - Secretaría de Educación Pública, 2001, ISBN 9701868617, 9789701868614 - 430 páginas
 
* "Abandonando a [[razão]], que é a regra dada entre [[homem]] e homem, e usando a [[força]], à maneira das bestas, ele se torna sujeito a ser destruído por aquele contra quem ele usa [[força]], como qualquer voraz besta selvagem que é perigosa a sua pessoa".