Abrir menu principal

Closer é um filme de 2004 dirigido por Mike Nichols e escrito por Patrick Marber, que também escreveu a peça de teatro homônima na qual o filme foi baseado. O filme utiliza-se de vários trechos da ópera Così fan tutte de Mozart como música incidental.


Citações[1]

  • "Se você acredita em amor a primeira vista, você nunca deve deixar de procurar."
- "If you believe in love at first sight, you never stop looking."


Índice

AliceEditar

  • Olá, estranho.
-Hello, Stranger.
  • Mentir é a coisa mais divertida que uma garota pode fazer sem tirar as roupas... mas é melhor se tirar.
-Lying is the most fun a girl can have without taking her clothes off... but it's better if you do.
  • É uma mentira. É um bando de estranhos fotografados lindamente, e todos os brilhantes idiotas que apreciam arte dizem que é lindo, porque é isso que eles querem ver. Mas as pessoas nas fotos estão tristes, e sozinhas, mas as fotos fazem o mundo parecer bonito. Então ficam exibindo, o que torna isso uma mentira, e todo mundo ama uma grande mentira.
-It's a lie. It's a bunch of sad strangers photographed beautifully, and... all the glittering assholes who appreciate art say it's beautiful 'cause that's what they wanna see. But the people in the photos are sad, and alone... But the pictures make the world seem beautiful, so... the exhibition is reassuring which makes it a lie, and everyone loves a big fat lie.
  • Aonde? Me mostra! Aonde esta esse amor? Eu não posso vê-lo, eu não posso toca-lo, eu não o sinto, eu não posso ouvi-lo. Eu posso ouvir algumas poucas palavras, mas eu não posso fazer nada com essas suas simples palavras!
-Where? Show me! Where is this love? I can't see it, I can't touch it. I can't feel it. I can hear it. I can hear some words, but I can't do anything with your easy words.
  • Ninguém nunca vai te amar tanto quanto eu. Porque o amor não é suficiente?
-No one will love you as much as I do. Why isn't love enough?
  • Eu não quero mentir. Eu não posso te dizer a verdade. Então acabou.
-I don't want to lie. I can't tell the truth. So it's over.
  • Eu não te amo mais. Adeus
- I don't love you anymore. Goodbye.
  • Sim, eu teria te amado... para sempre. Agora, vá.
-Yes, I would have loved you... forever. Now, please go.

DanEditar

  • Você acha que o amor é simples. Você acha que o coração é como um diagrama.
-You think love is simple. You think the heart is like a diagram.
  • O que há de tão bom na verdade? Tenta mentir para variar, é o jeito do mundo.
-What's so great about the truth? Try lying for a change, it's the currency of the world.
  • Decepção é brutal. Eu não estou fingindo outra coisa.
-Deception is brutal. I'm not pretending otherwise.

AnnaEditar

  • Não pare de me amar. Eu posso ver isso saindo de você. Sou eu, lembra? Era uma coisa estupida a fazer e não significou nada. Se você me ama o suficiente, você vai me perdoar.
-Don't stop loving me. I can see it draining out of you. It's me, remember? It was a stupid thing to do and it meant nothing. If you love me enough, you'll forgive me.
  • Ele parece com o seu só que mais doce.
-He tastes like you but sweeter!

LarryEditar

  • Eu sei quem você é. Eu te amo. Eu amo tudo em você que dói.
-I know who you are. I love you. I love everything about you that hurts.
  • Não diga isso! Não ouse dizer que eu sou bom demais para você. Eu sou, mas não diga.
-Don't say it! Don't you fucking say I'm too good for you. I am, but don't say it.
  • Você seria minha puta. E em retorno eu te pago com a sua liberdade.
- You'd be my whore. And in return I will pay you with your liberty.
  • Dan, eu menti para você, Eu realmente dormi com a Alice. Me desculpe ter de te contar, eu simplesmente não sou grande demais para te perdoar, bastardo.
-Dan, I lied to you. I really did fuck Alice. I'm sorry I had to tell you, but I'm just not big enough to forgive you, buster.
  • Você ja viu um coração humano? Parece um pulso, envolvido em sangue.
-You've ever seen a human heart? It looks like a fist, wrapped in blood!
  • Você não sabe a primeira coisa sobre o amor, porque você não entende o que é compromisso.
-You don't know the first thing about love, because you don't understand compromise.

DiálogosEditar

Anna: Não fico com estranhos.
Dan: E eu sou o quê?
Anna: Você é um trabalho...

Alice: Qual o meu eufemismo?
Dan: Desconcertante...
Alice: Isso não é eufemismo.
Dan: É sim.

Dan: Eu me apaixonei por ela, Alice.
Alice: Oh, como se você não tivesse opção? Tem um momento, sempre existe um momento, eu posso fazer isso, eu posso entrar nisso, ou posso resistir a isso, e eu não sei quando seu momento foi, mas eu aposto que teve um.

Dan: Você arruinou a minha vida.
Anna: Você supera.

Alice: Eu te odeio.
Dan: SInto muito.
Alice: Irrelevante!

Larry: Me diga seu nome.
Alice: Obrigada. Meu nome é Jane.
Larry: Não, não esse, seu nome real.
Alice: Obrigada. Meu nome é Jane.
Larry: Seu nome verdadeiro! Me diga seu nome verdadeiro! Eu sei que seu nome é Alice!
Alice: Obrigada. Meu nome real é esse, Jane Jones.

Dan: Eu não quero te machucar.
Alice: Então porque faz isso?

Alice: Eu não como peixe.
Dan: Porque?
Alice: Eles mijam no mar.
Dan: As crianças também.
Alice: Eu também não como crianças.

Dan: O que faz quando não ama mais?
Alice: "Eu não te amo mais, adeus!"
Dan: E se você ainda ama?!
Alice: Não vai.
Dan: Nunca abandonou ninguém que ainda amava?
Alice: Não!

Dan: Por que você transou com ele?
Alice: Eu quis.
Dan: Por quê?
Alice: Eu o desejei.
Dan: Por quê?
Alice: Você não estava lá!
Dan: Por que ele?
Alice: Ele me pediu gentilmente.
Dan: Você é uma mentirosa.
Alice: E daí?
Dan: Quem é você?
Alice: Eu não sou ninguém!

Referências

A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Closer.