Ali Khamenei

Líder Supremo do Irã

Ali Khamenei (1939) é um político iraniano.

Ali Khamenei
Ali Khamenei
Nascimento 19 de abril de 1939
Mexede
Cidadania Irã Pahlavi, Irão
Progenitores
  • Seyed Javad Khamenei
  • Khadija Mirdamadi
Cônjuge Mansoureh Khojaste Bagherzadeh
Filho(a)(s) Mojtaba Khamenei, Seyyed Mostafa Khamenei, Seyyed Masoud Khamenei, Meysam Khamenei, Boshra Khamenei, Hoda Khamenei
Irmão(ã)(s) Hadi Khamenei, Mohammad Khamenei, Badri Khamenei
Alma mater
  • Seminário de Qom
Ocupação alfaqui, político, tradutor, escritor, poeta
Religião Islamismo
Página oficial
https://khamenei.ir, https://khl.ink, https://www.leader.ir
Assinatura

Verificadas

editar
  • "Depois das negociações nucleares, o regime sionista disse que eles não se preocupariam com o Irã nos próximos 25 anos. Digo-lhes: primeiro, vocês não estarão por aqui daqui a 25 anos e, se Deus quiser, não existirá regime sionista daqui a 25 anos. Segundo, durante este período, o espírito da luta, do heroísmo e da guerra santa deixarão vocês preocupados a todo o momento."
- Fonte: Folha — Página atualizada 24/10/2016
  • "Ele não deixa espaço nenhum para que os apoiadores do acordo tenham alguma ilusão."
- Fonte: Folha — Página atualizada 24/10/2016
  • "Os funcionários públicos devem respeitar o povo revolucionário e parar de degradá-lo chamando-os de extremistas."
- Fonte: Folha — Página atualizada 24/10/2016
  • "Muitos querem mostrar este Satã como anjo, mas a nação iraniana expulsou este Satã. Não devemos permitir que ele fique se esgueirando e entre pela janela."
- Fonte: Folha — Página atualizada 24/10/2016
  • "Os Estados Unidos são o exemplo perfeito da arrogância, preparem-se para ainda mais combate contra a arrogância."
- Fonte: G1 — Página atualizada 24/10/2016
  • "Morte aos Estados Unidos."
- Fonte: G1 — Página atualizada 24/10/2016
  • "O importante não é a desconfiança do Guia em relação aos Estados Unidos ou a outro países, é sua vontade de resolver o problema."
- Fonte: G1 — Página atualizada 24/10/2016
  • "o Irã fez concessões, mas em troca obteve compensações, como o reconhecimento de seu programa nuclear, o fim das sanções econômicas, um papel internacional e uma posição muito menos isolada."
- Fonte: G1 — Página atualizada 24/10/2016